Índice de Complexidade Econômica: Rankings dos Países 2004-2014



Outra percepção do CID remete as economias baseadas na saída de mercadoria que enfrentam taxas de crescimento mais lentas, como os preços das commodities, que continuam a permanecer sob pressão.

CID usa a complexidade econômica como seu indicador para o crescimento econômico após uma década de pesquisa. Esta pesquisa tem encontrado países que diversificam seus conhecimentos de produção para além do que se espera ver no crescimento acelerado da renda. Este é um indicador muito mais preciso de crescimento futuro, em comparação com o popular Índice de Competitividade Global do World Economic Forum

CID sugere que olhar para a complexidade econômica poderá ajudar os formuladores de políticas. Ao encontrar maneiras de trazer novas produções e capacidades produtivas para um país, poderia ajudar a reforçar o crescimento futuro. A chave é receber este novo conhecimento e compreender que parte dessa dependência passa, em parte, pela política de imigração, bem como pela política de educação.

As projeções baseiam-se em uma década de pesquisa sobre a relação entre medidas de complexidade econômica e crescimento que, segundo os pesquisadores, isolam um fato consistente: países que diversificam seu know-how produtivo além do esperado por sua renda tendem a crescer mais rapidamente.

complexidade econômica mostra uma precisão notável na explicação das diferenças nos níveis de renda dos países - e na previsão do crescimento econômico futuro, com uma precisão muito maior do que o Índice de Competitividade Global do Fórum Econômico Mundial. O crescimento econômico sustentado é fundamentalmente impulsionado pelos seres humanos: quanto maior a diversidade do know-how produtivo em um lugar, mais produtos complexos pode produzir, o que sustenta seus ganhos e renda.



#Dataviz #Economic #Top10 #CID #EconomiaMundial #2024 #País #CrescimentoEconômico #ComplexidadeEconômica #PolíticadeEducação #Educação #PolíticadeImigração #Imigração #SebastianBustos #MuhammedYildirim #RicardoHausmann



Fonte: The Atlas of Economic Growth via @howmuch_net




Deixe seus comentários, compartilhe este artigo!

⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST

⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • SFE Tech®  • SFE Terms®  • SFE Books®  • SFE Biography® 

⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Vitrine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...